NOTA PÚBLICA A FAVOR DA INDEPENDÊNCIA JUDICIAL

    A AJUFE – Associação dos Juízes Federais do Brasil, entidade de classe de âmbito nacional da magistratura federal, vem a público repudiar toda e qualquer forma de ataques pessoais aos magistrados e manifestar irrestrita defesa à independência judicial.

    Por isso, são inadmissíveis os ataques à juíza federal Luzia Farias da Silva Mendonça, titular da 4ª Vara Federal de Roraima, unidade jurisdicional onde tramitam os autos da operação Anel de Giges, realizados gratuitamente, sem motivo, porque não foi a referida magistrada quem proferiu as decisões desencadeadoras das diligências ocorridas no dia 28 de setembro de 2017.

    A sociedade brasileira deve contar com a garantia inarredável de que cada tentativa de intimidação não retirará dos juízes federais o compromisso de atuarem com seriedade e independência, sempre considerando as provas dos autos e aplicando a lei sem fazer acepção de pessoas pelo cargo, posição ou poder econômico que ostentem. 

    Os ataques contra os juízes federais por meio de afirmações desprovidas de fundamento e comprovação serão sempre repudiados. 

     

    Brasília, 29 de setembro de 2017.

     

     

    ROBERTO CARVALHO VELOSO
    Presidente da Ajufe

    © Ajufe - Associação dos Juízes Federais do Brasil - Todos os direitos reservados.

    Ajufe.org