Ajufe manifesta agradecimento a parlamentares que votaram contra o PL que tipifica crime de violação de prerrogativas de advogados

    A Associação dos Juízes Federais do Brasil (Ajufe) agradece aos deputados Paes Landim, Major Olimpio e Hildo Rocha, que votaram contra o projeto que prevê imunidade aos escritórios de advocacia, mesmo quando houver prática de crimes, aprovado nessa terça-feira (05), na Comissão de Constituição e Justiça da Câmara.

    Na visão da Ajufe, que já havia manifestado opinião contrária ao PL, o texto é um ataque à independência da magistratura e teria o objetivo de amedrontar os responsáveis pela condução de investigações como, por exemplo, a Lava Jato.

    A associação ainda acredita que o projeto de lei traz um privilégio indevido a uma categoria de pessoas que não foi concedido a nenhuma outra, a exemplo dos deputados federais, senadores, ministros, magistrados, presidente da República e governadores.

    © Ajufe - Associação dos Juízes Federais do Brasil - Todos os direitos reservados.

    Ajufe.org